Traficante que assumiu negócios do tio em Cajazeiras é preso

Salvador – A 2ª Delegacia de Homicídios (Central) divulgou, na quarta-feira (28), a prisão do traficante Márcio Santos Silva, 25 anos, sobrinho de Djavan Oliveira, o “Deja”, líder de uma quadrilha que atuava no Loteamento Sacramento, em Cajazeiras IV e assassinado no dia 9 de agosto por integrantes de um grupo rival.

Informações obtidas por meio do Disque Denúncia (telefone 3235-0000) indicavam que Márcio assumira os negócios do tio, comandando um ponto de venda de drogas num determinado endereço do loteamento. Uma operação, com investigadores da DH/Central e soldados da Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp), foi ao local e encontrou o traficante vendendo drogas em frente à residência, local onde a polícia apreendeu 174 trouxinhas de maconha, 11 pedras de crack e frascos contendo éter e álcool etílico, utilizados no refino de cocaína.

Ele confessou a venda de drogas, em depoimento prestado à titular da DH/Central, delegada Clelba Regina Teles. “Depois da morte de Deja, assumiu o lugar do tio, apropriando-se da droga, enterrada no quintal da casa, e passando a comercializá-la na sua própria residência”, afirmou a delegada, que autuou Márcio por tráfico de drogas e o encaminhou ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Notícias Relacionadas