Mulher injeta acrílico no bumbum e está internada em estado grave

A jovem Vânia Prisco, de 29 anos, internada desde o início do mês de junho em um hospital particular de São Cristóvão, zona norte do Rio, continua em estado considerado grave nesta quinta-feira (29). Ela aplicou acrílico para aumentar o glúteo e teve uma reação 20 dias depois. O procedimento foi feito por uma falsa médica. Vânia já passou por ao menos 37 cirurgias e gastou R$ 50 mil com anestesistas.

Mulher
Vânia Prisco se submeteu a um procedimento estético perigoso com uma falsa médica. (Foto: TV Record/Reprodução)

Vânia Prisco se submeteu a um procedimento estético perigoso. Indicada por uma amiga, a jovem procurou uma falsa médica que aplicaria um produto sintético capaz de aumentar o tamanho dos glúteos.

A jovem foi internada no início do mês de junho em um hospital particular de São Cristóvão, zona norte do Rio. O procedimento foi feito com a médica identificada como Cecília Tavares. O Conselho Regional de Medicina nega a existência da médica que realizou a aplicação do acrílico na jovem.

O quadro clínico de Vânia é grave. Desde a internação, ela já passou por 37 cirurgias e já gastou mais de R$ 50.000 com anestesistas.

O acrílico em pó utilizado pela jovem é liberado pela vigilância sanitária, mas apenas para cirurgias reparadoras, não para procedimentos estéticos. Se for mal utilizado, pode levar à morte. (R7 Notícias)

Notícias Relacionadas