Greve de ônibus em Salvador será das 4 às 8h desta sexta-feira

Os ônibus só vão sair ddas garagens depois das 8h
Os ônibus só vão sair ddas garagens depois das 8h
Salvador – As centrais sisdicais do país deflagram nesta sexta-fera (30), o Dia Nacional de Mobilização e Paralisação, que vai deixar Salvador e outras capitais sem transporte coletivo das 4h às 8h. A paralisação vai atingir os sistemas de transportes urbano, intermunicipal, metropolitano e fretamento.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, filiado à central CUT, a mobilização ocorre para reivindicar o fim do fator previdenciário, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e combate ao Projeto de Lei 4330, da terceirização.

De acordo com Fabio Primo, vice-presidente dos Rodoviários, a recomendação das centrais sindicais era de que a paralisação ocorresse durante todo o dia. “A direção das centrais sindicais recomendou que fizéssemos o movimento durante todo o dia, mas, como somos uma categoria essencial para a população, vamos parar até as 8h”, diz. Fabio acredita que o transporte de passageiros deve voltar ao normal até as 9h.

O protesto visa também discutir os problemas causados pela hora do descanso criada por lei federal e discutir a pauta nacional dos protestos, que incluei a luta pelos 10% do PIB para a Educação, 10% do Orçamento da União para a Saúde e transporte público de qualidade (mobilidade urbana), valorização das aposentadorias, reforma agrária e suspensão dos leilões de petróleo.

Notícias Relacionadas