Coluna de Cláudio Humberto: Conselho persegue relator da MP ‘Mais Médicos’.

A ousadia de aceitar a relatoria da medida provisória 621, que institui o programa “Mais Médicos”, do Ministério da Saúde, rendeu ao deputado Rogério Carvalho (PT-SE) uma perseguição inesperada: o Conselho Regional de Medicina paulista (Cremesp), onde trabalha como Médico Fiscal, “interrompeu” sua licença sem vencimentos, que solicitara para exercer o mandato, e por telegrama o intimou a reassumir em 30 dias.

Intimidação
Rogério Carvalho, que teve a solidariedade da presidenta Dilma, tachou a medida do Cremesp de “arbitrária e vergonhosa”.

Pretexto
O Cremesp informou que a suspensão da licença do deputado, prevista na Constituição, tem caráter “administrativo”. Ah, bom.

Rejeição menor
Em encontro ontem com líderes do PT, PSB, PCdoB e PDT, Dilma disse haver diminuído a rejeição ao programa “Mais Médicos”.(Leia a coluna de Cláudio Humberto na íntegra. Clique AQUI)

Notícias Relacionadas