Superávit na balança comercial soma R$ 880 milhões até 23 de agosto

Stênio Ribeiro
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A balança comercial brasileira registrou saldo de US$ 880 milhões na semana passada, resultado de exportações no valor de US$ 5,172 bilhões e importações de US$ 4,292 bilhões. Com isso, o superávit no mês sobe para US$ 1,139 bilhão, de acordo com números divulgados hoje (26) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Entre os dias 19 e 23, houve aumento de 11,5% das vendas de produtos semimanufaturados (celulose, ferro, aço, couro, peles e alumínio em bruto, entre outros), na comparação com a semana anterior. As exportações de produtos básicos cresceram 10,6% – com destaque para minério de ferro, petróleo em bruto, milho, soja e café –, enquanto os manufaturados (aviões, açúcar refinado, motores e geradores) aumentaram 5,6%.

Em contrapartida, as importações caíram 8,1% no mesmo período, em relação à média de compras externas nos 12 primeiros dias úteis de agosto. A retração é explicada principalmente pela queda nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, aparelhos eletroeletrônicos, automóveis e partes, químicos orgânicos e inorgânicos, adubos e fertilizantes.

No mês, as exportações somam US$ 16,635 bilhões (0,6% a mais que em agosto do ano passado), com aumento de 4,3% nas vendas externas de produtos básicos. A venda de produtos manufaturados caiu 4,8% e a de semimanufaturados, 2,2%. As importações, no valor de US$ 15,496 bilhões, registraram aumento de 9,4% na mesma base de comparação.

Nos 163 dias úteis do ano, até sexta-feira passada (23), as vendas totais somam US$ 151,865 bilhões, ao passo que as compras de produtos estrangeiros contabilizam US$ 155,716 bilhões, o que resulta em déficit de US$ 3,851 bilhões no ano, contra superávit de US$ 12,449 bilhões em igual período do ano passado.

Notícias Relacionadas