Secretariado de Wagner é do tamanho do rombo financeiro da Bahia

A crise financeira sem precedentes da Bahia só supera mesmo o pomposo secretariado de Jaques Wagner, que é algo espetacular. Enquanto o governador culpa de forma bisonha a geladeira (a redução do IPI da linha branca) pelo rombo, foto divulgada por sua assessoria de imprensa mostra Wagner comandando uma reunião com os seus secretários, semana passada, que não resultou em absolutamente nada.

Realmente, é muita gente para um governo que tão pouco produz. Alguns nomes citados como secretários ninguém nunca ouviu falar. Exemplo: Wilson Brito, que, acreditem, é titular da Secretaria de Integração e Desenvolvimento Regional (Sedir). Outro nome: Elias Sampaio, secretário de Igualdade Racial. Mais um: Carlos Costa, secretário da Indústria Naval e Portuária da Bahia. É pra afundar mesmo o Estado! (Leia mais na coluna Papo Afiado. Clique AQUI)

Notícias Relacionadas