TSE avaliará poder ilimitado de mensaleiro no PR

CLÁUDIO HUMBERTO

Políticos filiados ao Partido da República decidiram questionar no Tribunal Superior Eleitoral o poder ilimitado do deputado mensaleiro Valdemar Costa Neto (SP). Ele é secretário-geral, mas age como dono do PR: os diretórios regionais são apenas comissões provisórias e os presidentes, nos cargos precariamente, são obrigados a assinar procuração concedendo-lhe poderes de votar e decidir em nome deles.

Partido de bolso – Valdemar Costa Neto é acusado de usar as procurações para forjar até mesmo reuniões de colegiados como a executiva nacional do PR.

Partido do ‘eu sozinho’ – Dirigente do PR que divirja do dono do PR fica sujeito a destituição em “decisão coletiva” de um homem só: o mensaleiro Valdemar.

Sob ameaça… – Valdemar ameaça quem sair do PR com a filiação do ex-governador do DF José Roberto Arruda, como Garotinho, líder do partido na Câmara.

…de perder mandato – Garotinho, Magno Malta (ES) e Ronaldo Fonseca (DF) podem sair do PR – tem dito Valdemar – “mas o mandato deles continua sendo meu”. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas