De Sordi, campeão mundial de 58, morre aos 82 anos

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Campeão do mundo com a Seleção Brasileira de Futebol em 1958, o ex-lateral direito Nilton De Sordi morreu sábado (24), aos 82 anos, no Paraná, em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

O ex-jogador sofria de mal de Parkinson há mais de 20 anos. Há pouco mais de um mês, na cidade de Bandeirante (PR), onde morava, sofreu um acidente em casa e ficou internado por 15 dias. No início da última semana, voltou a ser hospitalizado, com suspeita de pneumonia, na Santa Casa de Misericórdia, onde morreu ontem no final da tarde.

Nascido em Piracicaba (SP), De Sordi foi titular da seleção na Copa de 1958 mas, devido a uma lesão, ficou fora da final da competição. No seu lugar, jogou Djalma Santos.

Notícias Relacionadas