Cartões corporativos do governo já devoraram R$26 milhões

CLÁUDIO HUMBERTO

As despesas do governo Dilma Rousseff com cartões corporativos, em 2013, já chegaram a R$ 26 milhões até o final de julho. A Presidência da República é a campeã de gastos, com R$ 7,7 milhões, mais que o dobro do segundo lugar, o Ministério da Justiça. Tudo “protegido por sigilo”, sob alegação de “garantir segurança da sociedade e do Estado”, segundo regra criada pelo ex-presidente Lula para não explicar gastos.

Despesa mensal – Só no mês de julho, o governo torrou quase R$ 5 milhões com cartões corporativos. Em junho o total da conta já somava R$ 21 milhões.

Bem longe – Somados, os ministérios da Previdência Social, Cidades, Cultura, Comunicações e Pesca gastaram R$ 325 mil com cartões em 2013.

Prioridades – A Agência Brasileira de Inteligência usou cartões públicos para detonar R$ 4,2 milhões. A Secretaria de Aviação Civil gastou apenas 444 reais. (Coluna de Cláudio Humberto)

Leia também:

Notícias Relacionadas