Lewandowski rejeita investigação contra Lula, que o nomeou

Ministro Ricardo Lewandowski
Ministro Ricardo Lewandowski
O ministro Ricardo Lewandowski rejeitou o pedido feito pela defesa do ex-deputado cassado Roberto Jefferson (PTB) para que o ex-presidente Lula seja investigado por conta do mensalão.

Para o ministro, que foi indicado e nomeado para o cargo pelo ex-presidente, o tema já foi exaustivamente discutido pela Corte e, agora, cabe ao Ministério Público Federal decidir sobre a abertura de um novo inquérito, ou não, contra Lula.

“O tema foi devidamente tratado inclusive antes do julgamento da ação penal”, disse Lewandowski. “O titular da ação penal pública é o Ministério Público. Cabe a ele formular se for o caso de denúncia”, completou.

Ontem (14), a Corte começou a julgar os recursos dos réus condenados no ano passado. Já foram rejeitados quatro deles: do deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), do ex-primeiro-secretário do PTB Emerson Palmieri, do ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas e do ex-deputado do PMDB José Borba. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas