Vitória joga bem e bate a Ponte Preta, de virada, por 3 a 1

Salvador – De virada, o Vitória venceu pela primeira vez a Ponte Preta em jogo pela Série A do Campeonato Brasileiro, na noite desta quarta-feira, no Barradão, pelo placar de 3 a 1. Com 22 pontos ganhos e seis triunfos, o rubro-negro manteve a invencibilidade em casa.
Provocada, a torcida compareceu e apoiou o time. Ficou insatisfeita pelo fato de o time ter sofrido o gol de William, aos 22 minutos do primeiro tempo, e não ter conseguido empatar.
Vale ressaltar que nesta etapa, o Vitória teve uma chance com Euller que tentou encobrir o goleiro e tocou fraco. E um chute de Luís Alberto de fora da área que explodiu no travessão.
No intervalo, o técnico Caio Júnior trocou Rômulo por Pedro Oldoni, e com o atacante começou a reação rubro-negra. De cabeça, escorando cobrança de escanteio de Fabrício, ele empatou o jogo.
Vander marcou um golaço aos 17 minutos e desempatou. Ele driblou o zagueiro e tocou por cobertura, no ângulo superior esquerdo de Roberto.
Para completar, Marquinhos, que saiu do banco a exemplo de Pedro Oldoni, consolidou o triunfo aos 42 minutos. Ele aproveitou uma bola perdida pelo zagueiro Diego Sacoman e depois de deixar um zagueiro caído com um drible desconcertante, balançou as redes de Roberto.
O próximo jogo do rubro-negro será copntra o Cruzeiro, sábado, às 18h30, na Arena Mineirão, em Belo Horizonte.
CAMPEONATO BRASILEIRO
SÉRIE A
1º turno
Data: 14 de agosto, às 19h30
Local: Estádio do Barradão, Salvador (BA)
3 VITÓRIA – Wilson; Gabriel Paulista Victor Ramos, Fabrício e Euller; Luís Alberto, Caceres (Marquinhos), Camacho (Elizeu) e Renato Cajá; Vander e Rômulo (Pedro Oldoni)
Técnico: Caio Junior
1 PONTE PRETA – Roberto; Artur, César, Ferron (Brian Sarmiento) e Diego Sacoman; Baraka, Uendel e Chiquinho; Everton Santos (Alemão), Rildo e William
Técnico: Paulo César Carpegiani

Notícias Relacionadas