Leur Lomanto Jr. propõe convocação de presidente da CBPM para esclarecer crise no governo Wagner

Diante da noticiada crise nas contas do governo estadual e do relato de dificuldades enviado pelo presidente da CBPM, Alexandre Brust (PDT) ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), o deputado estadual Leur Lomanto Jr. propôs em discurso hoje (14) à tarde a convocação do dirigente do órgão para esclarecer o assunto na Assembleia Legislativa da Bahia.

O parlamentar destacou que não seria mais surpresa a “incompetência do governo”, fator que tem sido alertado pela bancada de oposição há algum tempo, mas que agora chamava a atenção o fato de um membro do próprio governo ter relatado essa situação.

Segundo ele, os parlamentares e a população baiana precisam ter claro conhecimento do que se passa na área financeira do governo. Brust teria enviado um documento para o TCE, informando que o tesouro estadual não estaria liberando recursos para a CBPM, o que tem prejudicado os trabalhos e o pagamento de fornecedores.

O deputado citou os atrasos do governo nos pagamentos de fornecedores e funcionários PSTs (Prestadores de Serviços Temporários), além da baixa arrecadação do Estado. “O cenário é extremamente preocupante, pois o governo do PT conseguiu literalmente quebrar as contas do Estado”, disparou.

Votos de alguns conselheiros do TCE já apontam há algum tempo o pequeno desempenho da economia baiana, o aumento de gastos com propaganda e publicidade em mais de 200%, nos últimos dez anos e a falta de um órgão de controle interno no governo que possa aferir a eficiência das políticas públicas do Estado.

Notícias Relacionadas