Dilma dobra número de viagens após onda de protestos

A onda de protestos pelo país mudou a rotina de viagens da presidente Dilma Rousseff, que dobrou a presença em eventos fora de Brasília após os atos de junho. Dilma, que hoje deverá inaugurar empresa de medicamentos em Itapira (SP), passou, em média, um dia viajando para cada 3,6 dias de governo desde julho.

Antes disso, a marca era de um dia em viagem para cada 7,3 dias de mandato, número quase idêntico ao das gestões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (7,4). A presidente Dilma Rousseff inaugura em Ribeirão Preto a primeira etapa do etanolduto, que ligará a cidade a uma refinaria em Paulínia

Os protestos derrubaram a popularidade da presidente ao pior índice da gestão –ao final daquele mês, só 30% avaliavam o governo como ótimo ou bom. Pesquisa Datafolha, divulgada sábado, mostrou recuperação, de 30% para 36%.(Nelson Barros Neto, Folha de São Paulo)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

Comentários estão suspensos