Multidão enfurecida ataca cerimônia de casamento gay no Haiti

Porto Príncipe – Várias pessoas feridas, dois veículos incendiados e uma residência atacada são o resultado da fúria de uma multidão de haitianos contra um casamento gay em Porto Príncipe.

A polícia haitiana interveio para impedir que a residência onde se realizava a cerimônia de compromisso do casal homossexual fosse completamente destruída.

Um cidadão britânico e um haitiano foram os alvos do ataque de dezenas de pessoas que lançaram coquetéis molotov e pedras contra a residência.

A identidade do casal gay está sendo mantida em sigilo. Entretanto, sabe-se que o britânico chama-se Max e trabalha na Cruz Vermelha.

Notícias Relacionadas