Candidatura de Campos detona estratégia de Lídice para 2014

Senadora Lídice da Mata
Senadora Lídice da Mata
LUÍS AUGUSTO GOMES

Fonte do PSB baiano assegura que a senadora Lídice da Mata “já recebeu o recado” do governador Eduardo Campos de que terá de candidatar-se ao governo da Bahia para apoiar a empreitada do pernambucano à presidência da República.

Lídice está numa enrascada porque “vendeu o tempo todo a Wagner que não sairia”, já que não se imaginava, tempos atrás, outro destino entre os partidos da base que não a manutenção da aliança pela reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Quando começou a se insinuar a hipótese Eduardo Campos, Wagner chegou a dizer que “compreenderia” se Lídice tivesse de disputar o governo por uma contingência partidária, enquanto a senadora continuava alimentando o sonho, remoto antes e mais remoto agora, de ser o nome do governismo baiano.

O conflito verbal há dias registrado entre Wagner e Lídice reflete o novo quadro: ela, efetivamente, nunca poderia ser a candidata apoiada pelo PT baiano se não estivesse com Dilma. A senadora sempre calculou bem os pulos, mas desta vez foi surpreendida pelos fatos.

Bahia poderá ter deputado pernambucano – O apetite com que o PSB nacional vem agindo em território baiano assusta os “socialistas” locais. A recente filiação do ex-prefeito Joseph Bandeira foi feita sem que Campos “desse um telefonema” à senadora, disse a fonte.

A onda intervencionista é tão forte que um candidato a deputado federal pernambucano disputará a eleição pela Bahia, compensando a perda de uma cadeira de Pernambuco na Câmara em razão dos números do Censo de 2010. (Por Escrito)

Leia também:

Notícias Relacionadas