Cinco soldados morrem em ataque de Al-Qaeda no Iêmen

AGÊNCIA ANSA

Sanaa – Pelo menos cinco soldados iemenitas morreram na noite de hoje, dia 11, em um ataque conduzido por milicianos de Al-Qaeda na planta para a produção de gás de Balhaf, no sudoeste do Iêmen. Um sexto militar desapareceu durante o ataque.

Fontes militares informaram que os soldados foram assassinados enquanto dormiam por um grupo de homens armados que se infiltraram no local, atiraram com armas automáticas e fugiram com um carro.

Mais de 1,8 mil soldados iemenitas foram posicionados pelo governo de Sanaa para defender as estruturas de produção e exportação de petróleo e gás no país. Após esse ataque, o número de militares deslocados será aumentado.

A planta, administrada pela empresa francesa Total junto com a iemenita LNG, era um dos alvos que Al-Qaeda tinha avaliado na semana passada para um possível atentado. Da planta de Balhaf passa a maioria do gás exportado pelo Iêmen.

O ataque segue o aumento das atividades dos drones dos Estados Unidos das últimas duas semanas, que provocaram a morte de 40 pessoas, após o alerta que obrigou o fechamento da embaixada de Sanaa e a evacuação dos funcionários do país árabe. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas