Brasil espionou países vizinhos durante a ditadura militar

De acordo com reportagem publicada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” ontem (10), o governo brasileiro monitorava os segredos militares e estratégicos dos países vizinhos da América Latina, por meio de uma rede oficial de recolhimento de dados, no período da ditadura.

Em agosto de 1978, foi criado pelo Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA), o Plano de Informações Estratégicas Militares (Piem), que descrevia o esquema de espionagem organizado pelo Brasil.

Fragmentos do documento detalham como eram elaborados os planos: o texto orientava, sistematizava, definia as responsabilidades e fixava prazos para as atividades de informações externas. O documento mostra ainda que a tarefa de espionagem caberia não apenas aos oficiais das Forças Armadas, mas também ao Itamaraty.

Ainda segundo o documento, apenas os EUA e o Canadá foram poupados dos serviços de informações estratégicas do governo brasileiro. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas