Manifestantes pedem anulação da CPI dos Ônibus no Rio de Janeiro

Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O pedido para anular a sessão que aprovou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Ônibus “é a primeira e talvez a mais forte reivindicação que os manifestantes que ocupam a Câmara Municipal desde ontem levarão ao presidente da Casa, Jorge Felippe (PMDB), em encontro hoje (10). A informação foi transmitida pelo advogado Marino D’Icaray, que apoia os manifestantes, entre os quais  tem  um filho universitário.

A segunda exigência  é que a recomposição da comissão seja feita com a participação apenas de vereadores que apoiam a proposta de instalação da CPI. Outro pleito, informou o advogado, é que haja “ampla participação dos manifestantes e do povo nas sessões públicas da CPI, tanto na comissão quanto no plenário”.

Segundo o advogado, os manifestantes querem garantir também a  presença da imprensa.

Notícias Relacionadas