Piloto que desmaiou em voo da TAM pode ter tido morte cerebral

A equipe médica do Hospital Aeroporto que assiste o piloto da TAM dirá ainda nesta quinta-feira se o funcionário da empresa aérea teve morte cerebral. O cardiologista Roque Aras adiantou que vários exames foram feitos durante o dia dessa quarta-feira, e nas próximas horas terá condições de dar informações detalhadas.

Desde o inicio da manhã era dada como certa a morte cerebral do piloto, que passou mal na última segunda-feira, durante o voo JJ8054 que tinha saído do Aeroporto do Galeão (RJ) com destino a Paris.

O mal-estar do profissional fez com que o colega de voo optasse por um pouso forçado em Salvador. As poucas informações recebidas pela imprensa até agora apontam que o piloto, identificado apenas como Mazzaruni, sofreu um AVC. Ele ficou em coma induzido, mas não teria resistido, e teve morte cerebral. As primeiras informações sobre o estado de saúde do aviador foram dadas pelo site “Fórum Contato Radar”, especializado em aviação. (Tribuna)

Notícias Relacionadas