Universidade de São Paulo participará experimentalmente do Enade

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Universidade de São Paulo (USP) vai participar de forma experimental do Exame Nacional Desempenho dos Estudantes (Enade). O acordo firmado entre a USP e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) tem duração de três anos.

Na fase experimental, a participação dos estudantes no exame será voluntária e os resultados não serão divulgados. Além disso, nesse período, o desempenho no exame não terá consequências na vida acadêmica ou profissional do estudante. De acordo com a USP, os alunos de cursos nas áreas de ciências biológicas e agrárias já participam da edição deste ano do Enade.

Criado em 2004, o Enade compõe o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, habilidades e competências. A aferição é obrigatória para toda a rede federal e particular de educação superior e facultativa para as redes estaduais e municipais.

Os resultados da avaliação serão usados pelo Inep no desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre matrizes e instrumentos que compõem o Sinaes. Segundo o Inep, servirão, ainda, de subsídio aos conselhos superiores da USP na decisão por eventual participação efetiva no exame.

Notícias Relacionadas