Primeira usina de asfalto totalmente nacional é inaugurada no Rio

Agência Brasil

Rio de Janeiro – Entrou em funcionamento hoje (7) a primeira usina de asfalto com tecnologia totalmente produzida no Brasil. A Usina Antonio Ramos fica no bairro do Caju, na zona portuária, e é a mais moderna do país. É a quarta fábrica de asfalto da cidade, com um custo total de R$ 17 milhões e produção estimada em 160 toneladas por hora, 20 toneladas a mais do que a Usina de Reciclagem de Asfalto Engenheiro Luiz Paes, também localizada na zona portuária e que será fechada na próxima semana devido às obras do Porto Maravilha.

O secretário municipal de Conservação, Marcus Belchior, disse que o dinheiro gasto com a construção da usina veio de parcerias do projeto Porto Maravilha. “Essa usina é um grande avanço tecnológico na cidade. Temos aqui uma área de 20 mil metros quadrados, com a desoneração da prefeitura de R$ 17 milhões. Tudo isso é um grande resultado da parceria público-privada que a prefeitura fez para as operações urbanas na área portuária. Aqui conseguiremos fazer todos os tipos de asfalto existentes no mundo”.

Além disso, o secretário informou que o laboratório da usina permitirá melhor serviço de manutenção preventiva. “Mais do que isso, temos um grande laboratório nessa usina que nos permite fazer qualquer tipo de avaliação de solo, qualquer tipo de avaliação do asfalto. Hoje eu consigo melhorar em muito a manutenção preventiva”. O Rio de Janeiro conta atualmente com quatro usinas produtoras de massa asfáltica: em Campo Grande, Santa Cruz e Jacarepaguá, na zona oeste, e a fábrica do Caju, na zona portuária.

Notícias Relacionadas