PM destrói 40 mil pés de maconha em fazenda de Jaguarari

Salvador – Policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado Caatinga (Cipe/Caatinga) erradicaram e incineraram mais de 40 mil pés de maconha na última terça-feira, em uma fazenda na zona de rural do distrito de Pilar, município de Jaguarari, a 408 quilômetros de Salvador. A polícia chegou até o local após receber denúncias anônimas sobre a existência de plantio de erva na fazenda.

Ao perceberem a presença policial, dois dos cinco marginais que cuidavam da plantação iniciaram um intenso tiroteio com a equipe da PM, sendo atingidos Givanildo Araújo Simões, 30 anos, e o irmão dele, Lindomar de Araújo Simões, 41 anos. Os dois foram socorridos pela guarnição até o hospital do distrito de Pilar, mas não resistiram aos ferimentos.

Durante a operação, foram apreendidas uma pistola 9mm da marca Taurus com cinco carregadores e 113 cartuchos do mesmo calibre, uma pistola calibre 635, com um carregador, um colete balístico preto e capa com as inicias VS, duas balaclavas pretas (brucutu).

Além das armas, os policiais apreenderam quatro celulares, uma motocicleta Honda XR 250 Tornado, cor vermelha, com placa de Belém de São Francisco (PE), um motor de irrigação modelo B12, acompanhado de um gerador de 4.4V de potência, e mais duas bombas submersas, localizados em um poço artesiano de onde era captada a água para irrigar o plantio do entorpecente.

Todo o material apreendido foi apresentado na delegacia de Senhor do Bonfim, onde também foi registrado o auto de resistência. Policiais militares do 6º Batalhão localizado em Senhor do Bonfim e da Cipe/Caatinga mantiveram as diligências tentando capturar os três fugitivos.

Notícias Relacionadas