Preso autor do homicídio de bailarino do BTCA, que revela ato sexual.

Cléverson Santos Teixeira, o “Bobó”, 20 anos, foi capturado na última sexta-feira (2) junto com mais três.
Cléverson Santos Teixeira, o “Bobó”, 20 anos, foi capturado na última sexta-feira (2) junto com mais três.
Salvador – A Polícia Civil apresentou hoje (5) o autor do homicídio do bailarino e coreógrafo do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA), Augusto José da Purificação, 50 anos, conhecido no meio artístico pelo apelido de “Augusto Omolu”, assassinado no dia 2 de junho de 2013. Cléverson Santos Teixeira, o “Bobó”, 20 anos, foi capturado na última sexta-feira (2), na sua residência, localizada ao lado do bar onde conheceu a vítima, no distrito de Portão, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador.

O delegado titular da 23ª Delegacia Territorial (Lauro de Freitas), Joélson Reis, fez uma apresentação, com fotos da sequência do crime, explicando que a vítima, após conhecer Bobó no “Bar do Cláudio”, fez uma proposta pra um programa no valor de R$ 100 reais. Os dois foram para a “Chácara Omolu”, que pertencia ao bailarino, onde, durante o ato sexual, o assassino não concordou com a inversão de papeis proposta por Omulu.

Durante a discussão envolvendo esse pedido, Bobó usou uma faca para matar o dançarino e, antes de sair da chácara, furtou as chaves da casa e o celular da vítima. “Através da venda do telefone móvel de Augusto para terceiros, conseguimos chegar ao autor do homicídio doloso”, contou Reis, ressaltando ainda que o ato sexual, por livre e espontânea vontade, descarta qualquer possibilidade de delito homofóbico. A polícia prendeu também Aldair Iran, José Cláudio Andrade Lima, o “Lubi” e Paulino dos Santos, todos envolvidos com a compra e venda do celular da vítima.

O quarteto está custodiado na 23ª DT, aguardando decisão judicial. Participaram também da apresentação e coletiva para a imprensa o subsecretário da Segurança Pública, Ary Pereira de Oliveira, o delegado-geral, Hélio Jorge, e a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), delegada Iracema Silva de Jesus.

Histórico

O coreógrafo e dançarino do Balé do Teatro Castro Alves (BTCA), Augusto José da Purificação foi encontrado morto na sua chácara, localizada em Portão, no dia 2 de junho de 2013. O corpo foi achado pelo caseiro da vítima, que acionou a polícia e, a partir deste comunicado, as investigações foram iniciadas.

Notícias Relacionadas