Descarrilamento na Linha Vermelha do metrô provoca grandes filas nas estações

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Cinco horas após o descarrilamento de um vagão de trem, a Linha 3-Vermelha do metrô continua operando com lentidão e em uma única via entre as estações Santa Cecília e Barra Funda, na zona oeste da capital. Com isso, formam-se grandes filas de passageiros nas plataformas de embarque das estações. A Linha 3-Vermelha, que liga as estações Itaquera e Barra Funda, é a que concentra o maior número de passageiros da capital paulista, transportando, em média, 1,2 milhão de pessoas por dia útil (dados de 2012).

O problema afeta, inclusive, as linhas 1-Azul e 2-Verde, que operam em velocidade reduzida e com maior tempo de parada nas estações. Segundo a assessoria de imprensa do Metrô, técnicos da companhia estão trabalhando no local, mas ainda não há previsão de quando o problema será solucionado e a linha volte a operar normalmente.

De acordo com a assessoria, pouco ante do meio-dia, houve um descarrilamento de um jogo de rodas do carro 5 de um vagão que estava próximo à Estação Barra Funda, vindo de Itaquera. Não houve feridos e os passageiros foram retirados por funcionários do Metrô por uma passarela de emergência.

Notícias Relacionadas