Transalvador multa manifestantes e desvia tráfego na região da rodoviária

Salvador – O secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, determinou que a Transalvador faça a autuação de todos os ônibus irregulares envolvidos na manifestação que obstrui o trânsito na região da rodoviária de Salvador. “Não é admissível que toda uma cidade seja prejudicada por causa da insatisfação de um grupo de Simões Filho que se sentiu prejudicado por uma decisão da Agerba”, explica.

Além de a Transalvador agravar as multas pela obstrução do tráfego, o secretário Aleluia também pediu o apoio da Polícia Militar para o restabelecimento da ordem. “A liberdade de manifestação não pode impedir o direito de ir e vir das pessoas. Comportamentos deste tipo não podem ser mais tolerados numa sociedade democrática”, afirma.

A Transalvador recomenda aos condutores que evitem a região do Iguatemi até que seja restabelecida a ordem. Cerca de 30 agentes do órgão estão trabalhando para monitorar a situação. Condutores que chegam à região, provenientes da Av. Luiz Viana Filho, a Paralela, estão sendo orientados a retornar na altura da Madeireira Brotas.

Outra recomendação é de que, vindos da Mário Leal Ferreira, a Bonocô, no sentido Paralela, ou ainda da Av. ACM no sentido Rótula do Abacaxi, os motoristas devem seguir a Av. Luiz Eduardo Magalhães como opção. A Av. Otávio Mangabeira, Orla, também é zona mais propícia para quem desejar cruzar esta área da cidade.

Notícias Relacionadas