Governo Wagner gasta quase R$ 2 milhões para contratar empresas de eventos

Gaban: Wagner gatou R$ 161,7 milhões com propaganda em 2012, um crescimento de 32% em relação a 2011.
Gaban: Wagner gastou R$ 161,7 milhões com propaganda em 2012, um crescimento de 32% em relação a 2011.
O deputado estadual Carlos Gaban (DEM), vice-líder do bloco de oposição na Assembleia, acusou nesta quarta-feira (31) o governo da Bahia pela contratação de de quatro empresas para a organização de eventos, com recursos que envolvem R$ 1,8 milhão. A contração foi feita pela Secretaria de Planejamento (Seplan), conforme publicação do Diário Oficial do dia 12 de julho.

“O governo Wagner extrapola o bom senso e vai de encontro às manifestações de milhões de baianos e de brasileiros que saíram as ruas para pedir por mais investimentos na saúde, educação, segurança pública, infraestrutura e zelo com os recursos públicos”, afirmou Gaban.

O parlamentar prometeu acionar o Ministério Público para que investigue o caso.

Leia também:

“São quase 2 milhões de reais na contratação de quatro empresas para fazer eventos, indo de contra as vozes das ruas. Um verdadeiro desperdício de dinheiro público com uma única finalidade de favorecer o pré-candidato a governo da base e atual secretário da pasta”, afirmou Gaban. O secretário da Seplan é José Sérgio Gabrielli.

O parlamentar também rechaçou o desvio de finalidade da Seplan, que deveria ser responsável pelo “Planejamento” e não contratação de empresas de eventos.

“Além do absurdo no desperdício de recursos públicos, ainda existe um desvio de finalidade, já que a Secretaria de Planejamento deveria estar Planejando obras estruturantes para o desenvolvimento do estado enão contratando empresas para eventos”, enfatizou o parlamentar.

Segundo Gaban, conforme o relatório do TCE – Tribunal de Contas do Estado, os gastos com propaganda e publicidade em 2012 atingiram o montante de R$ 161,7 milhões, um crescimento de 32% em relação a 2011.

“Além destas despesas, classificadas como publicidade, o Governo do Estado ainda tem um gasto com organização de eventos, que em 2012, através de outras 4 empresas, atingiu um valor de quase R$ 30 milhões. Mais que eventos são estes? Com a palavra o Secretário de Planejamento e o Governador do Estado”, concluiu o deputado.

Notícias Relacionadas