Joias roubadas em Cannes valiam US$ 136 milhões

AGÊNCIA ANSA

Paris – O prejuízo causado pelo roubo de joias realizado no último domingo, dia 28, no Hotel Carlton na cidade francesa de Cannes, atingiu 136 milhões de dólares (cerca de R$305,7 milhões), informou a Procuradoria da região de Grasse. Desta forma, o assalto se torna um dos maiores já realizados na história.

O crime foi realizado por um homem armado, com o rosto coberto. Ele levou relógios incrustados de diamantes, que estavam sendo exibidos na mostra “Diamantes Extraordinários”. Armado com uma pistola, ele ameaçou as pessoas que estavam no local e pegou uma mala com as jóias, fugindo em seguida.

Fontes policiais informaram que a coleção de jóias pertencia à casa de diamantes Leviev, do bilionário israelense de origem russa Lev Leviev. (Ansa Brasil)

Leia também:

Notícias Relacionadas