Estado da Bahia tem 265 municípios com baixo índice de desenvolvimento

Com 0,660, a Bahia  está abaixo da média nacional, de 0,727 (Alto Desenvolvimento).
Com 0,660, a Bahia está abaixo da média nacional, de 0,727 (Alto Desenvolvimento).
A Bahia aparece na 22ª colocação no ranking nacional do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Apesar de ser considerado Médio, o índice baiano melhorou 71% nos últimos 20 anos, superando a melhora observada no país, de 47,8%. Os números são do Atlas do Desenvolvimento Humano Brasil 2013, divulgado ontem, em Brasília, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e feito com base nos dados do Censo de 2010.

Inspirado no IDH global, publicado anualmente pelo Pnud, esse índice agrega as dimensões longevidade, educação e renda, analisando mais de 180 indicadores socioeconômicos. O valor máximo é 1.

O IDHM médio da Bahia saltou de 0,386 (Muito Baixo Índice de Desenvolvimento Humano), em 1991, para 0,660 (Médio Desenvolvimento). Mesmo com a melhora, o estado está abaixo da média nacional, de 0,727 (Alto Desenvolvimento). A única unidade da federação com IDHM considerado Muito Alto é o Distrito Federal: 0,824.

O IDHM Bahia está composto por 0,663 do IDHM Renda; 0,783 do IDHM Longevidade e 0,555 do IDHM Educação. Os do Brasil são 0,739 (Renda), 0,816 (Longevidade) e 0,637 (Educação).

O melhor município no estado é Salvador. Com um índice de 0,759, na 383ª posição no ranking nacional, o município é um dos oito do estado na faixa de Alto Desenvolvimento. Na outra ponta da tabela está Itapicuru, a 215 km da capital. Com índice de 0,486, é o único município do estado na faixa de Muito Baixo Desenvolvimento Humano. O estado tem 265 municípios (63,5%) com Baixo Desenvolvimento e 143 (34%) com Médio Desenvolvimento. (Correio)

Notícias Relacionadas