76% dos municípios baianos foram incluídos no programa “Mais Médicos”

Não adianta protestar contra estrangeiros e não ir para as periferias e áreas que necessitam de profissionais
Não adianta protestar contra estrangeiros e não ir para as periferias e áreas que necessitam de profissionais
Dos 417 municípios da Bahia, 317 foram incluídos no programa Mais Médicos do Ministério da Saúde (MS) e devem receber profissionais para auxiliar no tratamento da população. Mesmo após o ministro, Alexandre Padilha, reconhecer que 45% dos médicos inscritos possuem registros nos Conselhos Regionais de Medicina (CRM) inválidos, o MS definiu 264 cidades baianas como prioridade.

Cada médico indicava, no ato da inscrição, seis cidades onde estaria disposto a atuar. Em todo o País, foram 3.511 localidades incluídas e 18.450 inscritos. Durante os três anos de duração do programa, cada médico vai receber R$ 10 mil, mais ajuda de custo, e fará um curso de especialização em atenção básica. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas