Corinthians rechaça favoritismo contra o rival São Paulo, em crise

São Paulo – Pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebe o São Paulo neste domingo, às 16h, no estádio do Pacaembu. Em 13º na classificação, com dez pontos, o time da casa vive bom momento após a conquista da Recopa Sul-Americana, porém, na competição nacional ainda não conseguiu embalar. Com dois pontos a menos do que os corintianos, os são-paulinos atravessam um instante conturbado no torneio. A equipe do Morumbi acumula oito derrotas seguidas e ocupa a 16ª colocação na tabela. Agora, contra o arquirrival alvinegro, o tricolor se vê diante da chance ideal de seguir em busca de recuperação.

Apesar das duas vitórias sobre o São Paulo na decisão da Recopa e do mau momento pelo qual o rival passa no Brasileiro, o volante corintiano Ralf não crê em vantagem para o lado alvinegro. “Não vejo favoritismo, é 50% para cada lado. Vamos impor o nosso ritmo. Vivemos momento oposto, mas temos de pensar só na nossa equipe. Cada vitória dá mais moral”, disse.

O único desfalque do técnico Tite no Corinthians pode ser o lateral esquerdo Fábio Santos. Durante um dos treinamentos da semana, o jogador sofreu um trauma no tornozelo esquerdo e será reavaliado pelo departamento médico para saber se terá condições de jogo. Caso não possa ser escalado, Igor deve ficar com a vaga.

No São Paulo, o técnico Paulo Autuori terá quatro desfalques para o clássico. Além do lateral esquerdo Thiago Carleto, que permanece no departamento médico, o volante Denilson e o atacante Luis Fabiano também foram afastados por lesão. Suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, o atacante Aloísio é outro que não poderá ficar à disposição do grupo. Já por opção do treinador, o zagueiro Lúcio foi cortado da partida. Porém, a boa notícia para o torcedor é a provável volta do lateral esquerdo Clemente Rodríguez, recuperado de dores musculares.

Paulo Autuori falou em buscar uma solução para acabar com os resultados negativos na competição e se mostrou esperançoso quanto ao futuro da equipe. “Sempre tem uma saída. Precisa é capacidade de todos de procurar essa saída. Isso só com todos. Os gols que a gente sofre e deixa de fazer, uma hora isso vai mudar”, contou.

O Corinthians tem vantagem de nove vitórias sobre o São Paulo no histórico de confrontos entre as equipes em Campeonatos Brasileiros. Dos 54 jogos disputados, o alvinegro venceu 22 e o tricolor 13. Em 19 oportunidades os rivais terminaram empatados.

Ficha Técnica

Corinthians: Cássio; Edenilson, Gil, Paulo André e Fábio Santos (Igor); Ralf, Guilherme e Danilo; Romarinho, Emerson e Guerrero.
Técnico: Tite.

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Rafael Toloi e Clemente Rodríguez; Wellington, Rodrigo Caio, PH Ganso (Maicon) e Jadson; Ademilson e Osvaldo.
Técnico: Paulo Autuori.

Árbitro: Rodrigo Guarizo F. do Amaral (SP);
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Vicente Romano Neto (ambos de SP);
Assistentes adicionais: Guilherme Ceretta de Lima e Flavio Rodrigues de Souza (ambos de SP);
Quarto árbitro: Robério Pereira Pires (SP);
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo;
Data: domingo, 28, às 16h.

Notícias Relacionadas