Mursi será transferido para a prisão onde está Mubarak

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O presidente do Egito deposto no último dia 3, Mouhamed Mursi, ficará detido na mesma prisão de Torah, na qual está o ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, que renunciou ao poder em fevereiro de 2011 sob pressão popular. Mursi é mantido sob supervisão de militares desde que deixou o governo. A decisão sobre a transferência de Mursi foi anunciada hoje (27) pelo ministro do Interior do Egito, Mohamed Ibrahim.

Ontem (26) a Justiça do Egito determinou a detenção de Mursi por 15 dias para investigações sobre acusações de espionagem e fuga de presos durante os distúrbios de 2011, que levaram à renúncia de Mubarak do poder.

Desde a destituição de Mursi, eclodiram protestos em várias cidades egípcias. Simpatizantes e contrários ao novo governo do presidente interino, Adly Mansour, enfrentam-se de forma violenta. A previsão é que em alguns meses ocorram eleições e mudanças na Constituição.

Notícias Relacionadas