Idoso é assassinado e enterrado na margem do rio de Contas em Jequié

Jequié (BA) – Os pescadores Édson de Jesus Santos, o “Formiga”, 38 anos, e Valdir Lemos Santos, 45, foram presos nesta quinta-feira (25), por investigadores da 9ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Jequié), acusados de assassinar, com pauladas e facadas, o lavrador Leonardo Rodrigues dos Santos, 70 anos, e enterrá-lo numa cova rasa a alguns metros do rio de Contas.

Segundo o coordenador da 9ª Coorpin, delegado Fabiano Santos Aurich, a polícia chegou até a dupla depois de localizar o corpo da vítima, já nas margens do rio, no trecho que passa pelo distrito de Itajuru. Testemunhas asseguram que Formiga e Valdir teriam discutido com a vítima no dia do crime, ocorrido no início de julho, acrescentando ainda que os três estavam alcoolizados.

Conduzidos à unidade policial, a dupla acabou confessando o crime, dando detalhes de como acontecera. Depois de morto, enterraram o lavrador numa cova rasa, nas proximidades da casa onde ele morava. A força das chuvas e dos ventos, além da presença de animais mexendo no local, deslocaram o corpo para as margens do rio. Formiga e Valdir estão custodiados na carceragem da Coorpin/Jequié e vão responder por homicídio qualificado.

Notícias Relacionadas