R$ 40 milhões aplicados pelo Estado no ferryboat estão indo para o lixo

O governador Jaques Wagner foi na reincorporação do ferry "Pinheiro" dia 29 de janeiro. O Estado gastou mais de R$ 5 milhões com a maquiagem da embarcação, que voltou ao estaleiro. O controle da imprensa determinado pelo governo  faz com que as pessoas desinformadas entendam que o sistema ferryboat melhorou. Mas na prática trocaram somente uma empresa de três letrinhas - TWB -por outra de várias letras - a Internacional Marítima.
O governador Jaques Wagner foi na reincorporação do ferry “Pinheiro” dia 29 de janeiro. O Estado gastou mais de R$ 5 milhões com a maquiagem da embarcação, que voltou ao estaleiro. O controle da imprensa determinado pelo governo faz com que as pessoas desinformadas entendam que o sistema ferryboat melhorou. Mas na prática trocaram somente uma empresa de três letrinhas – TWB – por outra de várias letras – a Internacional Marítima.
REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

Bem diferente do que apregoa o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, de que o serviço do sistema ferryboat é bom e caminha para ser coisa de ”primeiro mundo”, na prática o sistema é ruim, pobre, precário e continua gerando muitas reclamações dos usuários.

Nesta quinta-feira, 25 de julho, somente três embarcações estão em tráfego, deixando usuários esperando nos terminais horas para embarcar.

Só operam hoje os navios Maria Bethânia, Juracy Magalhães e Ivete Sangalos. Os quatro demais estão quebrados. O Pinheiro, que passou quatro meses na Base Naval de Aratu sendo “reformado”, voltou ao estaleiro de forma prematura. Na “reforma” dessa embarcação foram gastos pelo Estado R$ 5 milhões.

Apesar de a Internacional Marítima, concessionária do Maranhão contratada pela Seinfra e Agerba para operar o ferryboat, alegar, sem oferecer maiores detalhes, que o Pinheiro passa por ”manutenção preventiva e programada”, a realidade é outra.

O navio, que foi “reinaugurado” dia 29 de janeiro pelo governador Wagner e pelo vice Otto, voltou a apresentar problemas no sistema de propulsão e teve que ser docado de novo na Base Naval de Aratu.

Motores novos não, recauchutados – Na época em que voltou ao tráfego, a Internacional Marítima e a Agerba garantiram que os motores do Pinheiro foram substituído. Há denúncias de funcionários, tanto da Agerba quanto da Lumar e da Internacional, de que os equipamentos foram somente recauchutados e não substituídos por novos.

O governador Jaques Wagner participou da solenidade de reincorporação do navio Pinheiro ao sistema, dia 29 de janeiro, no Terminal do sistema ferryboat, em São Joaquim. A imprensa toda estava presente, mas parece que já esqueceu do fato. A nossa imprensa anda muito esquecida.

Otto queria mostrar a Wagner, na oportunidade, que a reforma que o governo, através dele (Seinfra) estava fazendo no ferryboat era definitiva. O Estado desembolsou muito dinheiro – R$ 40 milhões – e dizem que o governador Wagner, hoje, não anda nada saatisfeito com os ”resultados”.

Foi só maquiagem – Com menos de 15 dias em tráfego, todos os quatro navios “reformados” quebraram. Os serviços foram feitos pela Internacional Marítima e pela baiana Lumar. É bom lembrar, que, mesmo sem ter ainda contrato de concessão assinado com o Governo do Estado, a Internacional Marítima estava à frente dos serviços desde outubro de 2012 – a empresa da terra do senador José Sarney só assinou contrato com o Estado em março de 2013.

Portanto, estava sendo remunerada pelo Estado, presume-se, de forma totalmente irregular. Não se sabe como é que essa engenharia contratual foi concebida e feita. O Ministério Público não se pronunciou, apesar de o secretário Otto Alencar ter garantido que o MP seria informado sobre todos os atos praticados no sistema ferryboat.

Controle da Mídia – Com a mídia da Bahia totalmente controlada pelo governi, fica fácil se imaginar, para quem não é usuário, que o sistema ferryboat melhorou. Na prática, porém, nada mudou. Só trocaram o nome de uma empresa de apenas três letrinhas (TWB) por outra com muitas letrinhas – Internacional Marítima. As duas vieram de fora: a primeira do Sul e a segunda do Norte. As duas fracas, de serviços precários.

Assistir ou ouvir entrevistas do secretário Otto Alencar em emissoras de rádio e nos programas populares de televisão, é uma festa. Os “entrevistadores” fazem questão de levantar a bola para ele chutar. Uma combinação perfeita – de um político e bom comunicador com quem recebe publicidade oficial para entrevistá-lo.

internacionalmaritima

Notícias Relacionadas

26 Comentários

  1. Jonas Santos - o dinheiro da mídia

    Poxa que memória da zorra de vc sobre essa onda do ferry sabe data de tudo e as fotos pra comprovar. mas a mídia não é só comprada pelo governo não as empresas também compram e tem até dirigente de futebol que compra. dizem que marcelinho guimarães do Bahia tem a relação completa.

  2. Junior

    Por mais que eu me esforçe não entendo por que tanto desprezo e indiferença com a ilha, o que falta é vontade politica, dinheiro o Estado tem com bilionarias arrecadações. É nessa hora que eu me pergunto se a ilha tivesse o mesmo capital e administração estrangeira que nem a Praia do Forte. Voltando as embarcações eu me lembro do Secretário Ooooottooooo Alencarrrrrrrrrr informando que no governo do PT não teria embarcação sucateada e canibalizada mais até o presente momento tem uma embarcação desaparecida que é Ipuaçu e outra parada a dois meses Rio Paraguaçu.

  3. gomes

    esse governo do estado da BAHIA , não está nem para o quesito governar , os estados brasileiro caminha para o caos, os ladrões , está em toda parte do país , as verdades deles é umas mentiras tão elaborada, que está ficando difícil contraria-lo , o problema não é o dinheiro , é o descaso o não importar , a usura, pelo dinheiro, a desumanidade, tudo batido junto com a tirania, dá o que todos nós estamos vendo.

  4. Grisalho

    eu só tenho uma coisa a falar..kkkkkkk.. é brincadeiraaaaaa, como diz meu amigos Neto…

  5. Rosenildo

    Olha aí um motivo para o GOVERNO WAGNER ter depencado nas pesquisas….Esse ferry boat. Vejam só trouxeram uma empresa de Sarney para tomar conta da coisa.

    Eu mandei esta matéria para mais de 15 mil seguidores do Facebook para mostrar as mazelas. O testo está perfeito ao contrário da imprensa da Bahia que anda escondendo os fatos. O governo despencou a imprensa daqui num diz nada.

    Vejam só gastaram 40 milhões e só tem 2 navios trabalhando.

    Vejam só tentaram enganar o povo.

    Vejam só, teve muita pontinha distribuída desses R$ 40 milhões?

    Vejam só, onde tem PT tem maracutaia.

  6. mario silva

    Vamos da o troco a essa cambada, que andam enriquecendo com o dinheiro suado do povo da bahia nas eleiçoes,porque o voto livre é sem duvida a maior arma do eleitor.Outro golpe do PT, o que falta neste país,não são médicos e sim falta de investimentos, em politicas publicas falta de respeito com o dinheiro do trabalhador,no brasil tudo é terceirizado será que a terceirização sai mais barato do que concurso publico,porque não terceiriza os prefeitos,governadores,vereadores,ministros,secretarios,presidente da republica e etc.

  7. Gessé

    Ola senhores, realmente a mídia está nas mãos do governo e nós os conhecemos bem.
    Quanto à intervenção, a AGERBA ficou responsável pelos atos da TWB durante a intervenção, portanto o senhor interventor Bruno era o responsável à época. Presume-se que nesse período as contratações de serviços e outros, inclusive o pagamento da docagem foi feita pela TWB com a verba oriunda do governo e da arrecadação.
    Há que se fazer uma ressalva em relação à TWB, esta empresa ficou três anos sem que o governo reajustasse as tarifas do sistema nem aportasse recursos para compensar, no entanto, a INTERNACIONAL, cobrou muito bem pela docagem das embarcações, começou a operar com as embarcações “zeradas” e pelo visto não tem interesse em continuar no sistema.

  8. Casemiro Santos

    Enquanto isso, dono da Lumar esnoba com seu AUDI 8 metálico modelo ponta de linha para fazer inveja até ao diretor da Agerba Eduardo Pessoa que tem somente uma Mercedes. Êta Bahia porreta!

  9. Isnar Vasconcelos Reis

    Muito bem feito o comentário do leitor Gessé…Olhem aí, as explicações para o rombo, para os desvios, estão aparecendo. Abra o olho Governador se o Sr. ainda tem algum!!!

  10. Henrique - Movimento Itaparica Urgente

    ATENÇÃO JORNAL DA MÍDIA URGENTE – SÓ TEM DOIS FERRYS FUNCIONANDO AGORA DE MANHÃ – APREENDERAM UM É O CAOS NO TERMINAL VEM CONFERIR AQUI.

  11. LENISE FERREIRA

    Sr. Gessé, só a título de esclarecimento, o reajuste houve, com outro nome: TUTE – TAXA DE UTILIZAÇÃO DE TERMINAL. Nós usuários sofremos com todo tipo de aumento. A “coitadinha” da TWB aumentou o único estacionamento em 51% e chegamos a ter tres aumentos num único ano. Ainda de acordo com a convenção vigente naquela época, não deveria a referida concessionária praticar a cobrança de tarifas diferenciadas (sábado, domingo e feriado) já que não oferecia serviço equivalente. No entanto, esta prática persistiu por toda a sua estadia à frente do sistema. No mais, aumento para que? maiores seriam os desvios de verbas. Segundo os relatórios da FIPECAFI, lidos pelo Sr. Oto Alencar, não resta dúvida quanto a conduta “irregular” da TWB frente ao sistema.

    HOJE, SEXTA FEIRA, apenas duas embarcações na travessia. Cheguei ao terminal e logo fui avisada, “haverá uma embarcação às 10:30 e outra provavelmente às 12:30”. Na década de 70 o sistema operava com OITO EMBARCAÇÕES. Décadas se passaram, a demanda cresceu, os municípios que dependem do sistema se desenvolveram, as necessidades da população são cada vez mais urgentes e………..CONTAMOS COM APENAS DUAS EMBARCAÇÕES.

    PORQUE EU SÓ VEJO O DESENVOLVIMENTO DO ESTADO DA BAHIA ATRAVÉS DAS PROPAGANDAS ? POR QUE ELE NÃO CHEGOU NA NOSSA ILHA DE ITAPARICA? ONDE ESTÁ O ATRACADOURO JURADO E SACRAMENTADO EM DIVERSAS REUNIÕES PÚBLICAS COM A PARTICIPAÇÃO DO GOVERNADOR? ONDE ESTÁ O COMPLEXO POLICIAL PROMETIDO E ATÉ COM TERRENO DOADO? Tudo isto serve para justificar o motivo de estarmos hoje batendo na mesma tecla em relação ao SISTEMA FERRY BOAT.

    E tudo isto só vai mudar quando cargo político for exercido com responsabilidade, por pessoas realmente comprometidas que não permitam políticos de carreira na gestão pública de Estados e municípios. Quando política deixar de ser meio de vida, patrimônio familiar.

    1. Gessé

      Veja dona Lenise, a senhora fala de medidas outras que até nem dizem respeito ao sistema ferry boat. O custo ferry boat é alto. A senhora fala do relatório da FIPECAFI, mas depois o próprio governador aventou a possibilidade de se fazer uma consultoria para avaliar o sistema e ver a necessidade de maior participação do estado. Ora, Eduardo pessoa disse o contrário.
      O que acho é que a população de Itaparica deveria acompanhar, junto com o MP, cria r uma comissão, e avalizar os gastos com o sistema ferry boat para que se tenha um procedimento transparente. Para que a população saiba realmente o que se gasta e o que se arrecada com o sistema. Senão vamos continuar com esses comentários e boatos que não bota ferry boat pra operar.

  12. valeria pestana

    Pessoal,

    vamos ser pragmáticos!

    Ficar por aqui registrando nossas indignações sobre o desgoverno do carioca, sobre Agerba, sobre Otto Alencar e sua corja de pessoas e instituições tais como o sucateiro Conde, Lu,ar, Internacional Marítima, Guindastes Brasil e seu fantástico dono Daniel que ficou milionário da noite para o dia, é importante, mas não tem surtido os efeitos que necessitamos para afastar esses canibais do nosso dinheiro suado.

    Precisamos tomar atitudes mais contundentes!

    Sugiro combinar uma reunião com alguns integrantes do Jornal da Mídia e que quiser se apresentar, para que possamos preparar uma manifestação pública em frente ao Terminal de São Joaquim e Bom Despacho em data a ser marcada e paralisar todo sistema Ferry, mobilizando assim, toda população de Salvador e da Ilha.

    Pensem nessa proposta e me enviem e-mail: meu e-mail é valeria.pestana@bol.com.br….quem concordar confirme por aqui ou pelo correio eletrônico citado.

  13. Fedegoso

    Conforme dizem, “tou-me pocando ded riri”. E vcs pensam que vai acontecer alguma coisa? Nananinnanão! KKKKKKKKKKKKK

    Vai tudo ficar conforme esta, e tá bão de mais, se não vai piorar mais ainda. E vcs vão ficar como sempre foram, ou seja, continuarão uns bobões e bobonas, uns chorões enquanto eles curtem a boa vida que deus deu para eles. eh! eles também são filhos de Deus, igualzinho a vcs todos.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK E com os bolsos cheios de dinheiro, em carrões. E vcs de buzu. KKKKK

  14. Jonas Freitas Bonfim

    Esse Otto Alencar faz política das antigas, dando abracinho em um, cumprimento outro, Olhem aí quantas declaracções desse homem tem dizendo que “Estamos com 7 ferries”. Tudo pra enganar o povo abestalhado.

    Esse dinheiro que gastaram devia ser melhor explicado. Tá cheirando picaretagem da grissa.

    Como é que consertaram tudo e tá quebrando TUDO de novo.?

    E eu pergunto: QUEM TÁ PAGANDO O RECONCERTO? É O POVO DE NOVO?

    Issto além de ser suspeito é muita INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO. NA SEMANA PASSADA OU TEM 15 DIAS NÃO SEI MAIS EU ACOMPANHEI COM ÓDIO UMA ENTREVISTA DO SR. OTTO ALENCAR NA RÁDIO DE MÁRIO KERTESZ.

    O homem mentiu tanto sobre estradas, aeroportos, ferrovias, ferry boat que deu vontade de ir lá. O povo não merece isso. E o Mário Kertész só puxando assunto para o Dr. Otto continuar mentindo. Realmente este tipo de político tem acabar no Brasil. Ele garantiu que vai trazer navios pra entregar a Internacional Marítima e deixar o resto apodrecer.

    Seja responsável, pelo meno. Esse governador Wagner tá tomando aí na cara, perdendo tudo que conquistou com o povo. Vai perder a eleição porque o povo não guenta mais. O Otto Alencar pensa que tem esse prestígio todo com a conversa de lero, Deus ajude que não se eleja pra essa safra miserável de político acabar na Bahia.

    O candidato do governador, que o povo já chama nas ruas de Rui Bosta, vai pra onde? Que time desgraçado Wagner formou: Otto |Alencar, César Borges, Benito Gama, Marcelo Nilo, Marcos Medrado, José Rocha. É um bom time mesmo né. Entendam, é um bom time. E tem mais por aí.

    Essas mazelas que estão fazendo no ferry boat um dia será explicada. Não é possível que não seja. Será que o governo da Bahia e esses caras são tão blindados assim? O Ministério Público tinha a obrigação de fazer publicar para onde o dinheiro foi destinado, quando cada empresa recebeu, quem recebeu, mostrar tudo sobre a compra de equipamentos porque onde tem política e políticos atuando já sabe né? Tem o que

  15. Paulo Ribeiro

    Poupem o governador Wagner pelo menos nessa coisa do ferry boat. Os senhores sabem muito bem que Wagner é um governante que confia nas pessoas, que não é concentrador. O que ele fez: cionfiou nas promessas do secretário dele Oto Alencar. Basta pegar as reportagens antifggas gente com o secretário dizendo que ele era responsável por todos os serviiços desde a intervenção do ferry na ´´epoca da TWB. Então qual é a culpa que Wagner tem?

    Eu uso o sistema no mínimo quatro vezes por semana e sei que tá complicado mesmo. Eu tenho conversado muito com empregados da Internacional Marítima, comandantes, marinheiros, mecânicos. O que eles me contam que a estão fazendo na manutenção dos navios é coisa que dá até cadeia. Tão tirando peça de um e colocando no outro pra remendar.

    Aí eu volto a perguntar: a culpa é do governador Wagner ou da equipe escalada pelo vice-governador pra tomar conta do ferry?

    Eu estou prepando um relatório minuncioso para entregar ao Sr. Fernando Schmidt para ele mostrar ao governador. Estão escondendo informações do ferry para o governador e eu vou mostrar tudo.

    Wagner não tem culpa desa esculhambação não procurem analisar pra ver se ele tem.

  16. Henrique - Vera Cruz, Bahia

    ATENÇÃO JORNAL DA MÍDIA, DE NOVO. SÓ TEM DUAS CATRAIS FUNCIONANDO HOJE, SÁBADO, IA URGEN DE NOVO NO FERRY BOAT. SOMENTE DOISZINHO. FALTA POUCO PRA TER UMZINHO. QUE VERGONHA. NOSSO DINHEIRO FOI PRU LIXO.

    ATENÇÃO: QUEM QUISER ACOMPANHAR E FALAR SOBRE O MOVIMENTO DO DIA 31 NA ILHA PODEM ACESSAR O FACEBOOK E PROCURAR AS PÁGINAS S.0.S.ILHA DE ITAPARICA E ITAPARICA URGENTE. O NÚMERO DE SEGUIDOS TÁ AUMENTANDO DIARIAMENTE. SÓ ASSIM ESSA CAMBADA VAI NOS RESPEITAR.

  17. Fedegoso

    Sô Paulo, nóis né bobo não. Quem indicou o tal do sô Alencar num é e foi o senhor governador? Se a resposta for sim, que tal vossa senhoria ir catar coquinhos junto deles? Sujeitnho nojento! Sô!… Vai ser puxa-saco lá nos infernos sô!

  18. Léo Cerqueira

    Vejam bem essa foto…quem tá lá no fundo eh o tal do Bruno, cupixa de Oto alencar. Foi interventor do ferry. Enganaram Wagner pqu os navios tão quebrando de novo. Uma vergonha.

  19. Gentil O caranguejo

    O Reinaldo dono da TWB dizem que não acredita com o que está acontecendo no ferry. E se poca todo nas gargalhadas e liga todos os dias pri RANGEL prá saber das novidades. Tem gente no ferry empregado da Internacional pensando em fazer uma vaquinha prá agradecer o que Reinaldo fez, todo mundo tá com saudades da TWB e falam que em Guarujá Reinaldo tah curtindo e tomando muito vinho bom e acabando com a Internacional. Recebe diariamente informação do que às rádios televisão divulgam pq tem uma empresa ou um colaborador que manda tudo mastigado prá ele. Eh prá quem pode.

  20. José Seixas

    Concordo com Fedegoso, vcs não dizem que Fedegoso eh puxa-saco do PT? vejam Fedegoso dizendo quem indicou Oto prá tomar conta do ferry? Foi Wagner ou nÃo foi.? Então arromba—se Wagner.

  21. Fedegoso

    Reinaldo, rindo? Rindo nada, ele tá é se lamentando em rios de lágrimas. Perdeu uma chance e tanto de continuar se enchendo de dinheiro, ou não? Quem tá rindo é quem tá no comando na anarquia, da bagunça, lambuzado de dim-dim. Outro que chora? KKKK é o povo, o usuário do sistema, que vê sair por ruim demais ver outro pior entrar. Bem feito! Bem feito! Enquanto não tiver um macho para fazer esses caras prestar contas vai daí pra pior. E pode olhar que se um terceiro chegar é pra piorar mais ainda.

    É que vcs não percebem, o governo de antes é o mesmo de hoje. O que era governador lá atrás é o mesmo que gesta o negócio hoje. Eles são assim, dizem que mudam tudo mas tudo fica igual. E governam de costas para o povo, depois de eleitos. Vejam o Neto lá do outro lado, é sequência de ontem ou não? KKKKKKK!!!!!

  22. Fedegoso

    Comadres e compadres,
    meus respeitos!
    Mas a ministra Eliana Calmon disse em entrevista ao jornal Correio da Bahia, agorinha, agorinha mesmo, quem sabe, a razão de tantos aqui não passarem de uns bestões, bobões, palhacinhos, autênticos Zés Manés. “Tô me pocando de rir”.
    Leiam:

    “(…)

    Relação entre Judiciário e Executivo

    Há uma vinculação muito grande do governador à presidência, ao grupo dominante, porque existe sempre a ideia de que o tribunal deve estar bem com o governo. Mas a Constituição de 88 acabou com isso. O Judiciário é fiscal das políticas públicas e pode se insurgir contra o governo quando as políticas não são adequadas.

    Existe na Bahia uma espécie de pacto onde o TJ está muito alinhado ao governador,

    o Ministério Público também tá alinhado ao governador e todos os poderes vivem tranquilamente dentro deste pacto silencioso que existe entre os poderes.

    Existem trocas de favores, existem algumas conivências.

    Existe o olhar mais apurado para as causas que os donos do poder têm interesse, e é exatamente isso que nós não gostaríamos que tivesse, que a Justiça fosse independente. ”

    Cês tão me entendendo por que somos um bando de Zés Manés?

  23. Vanderlei

    Fedegoso, meus parabéns mais uma vez: você está coberto de razão. Eu não entendo por que até hoje o Ministério Público nada divulgou sobre o que foi gasto na recuperação dos navios, quem recebeu e quem pagou.

    Era um dever do MP, que recebeu essa atribuição, segundo divulgou o próprio governo.

    É lamentável. Seu raciocínio é correto Fedegoso.

  24. Fedegoso

    Prezado Vanderlei, a ministra diz coisas muitas mais sérias que a notícia aqui reproduz. Ela diz de uma associação do judiciário com o executivo, ou seja, da falta de independência entre poderes. Por pior, de uma dependência. Coisa muito perigosa. Mas dito por quem dito…só nos resta acreditar.

    Mas como vc diz analogias, veja o que transcrevo de uma entrevista do senhor Takemoto, ex-secretário do governo de São Paulo:

    “Os estudos sobre planilha de transporte não correspondem à realidade porque nós sabemos que existe um mundo paralelo de financiamento de campanhas políticas que não está embutido na tarifa. […] Quem tem que pagar pelo transporte é quem lucra com ele. Ninguém discute que o trabalhador já tem seu transporte descontado. O patrão já paga antecipado ao Setps [Sindicato das Empresas de Transporte de Salvador]. Eles recebem antes mesmo de o serviço ser realizado”, pontua D’ Almeida. “A grande questão é que existe um pacto entre o poder público e as empresas que tem como objetivo final ampliar o lucro deles”, complementa Takemoto. Ex-diretor da Companhia Municipal de Transporte Coletivo de São Paulo (CMTC) na gestão petista de Luiza Erundina(…).”

Comentários estão suspensos