Missa de encerramento da JMJ muda de local e será em Copacabana

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O prefeito Eduardo Paes confirmou que a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no domingo (28) foi transferida de Guaratiba, na zona oeste, para Copacabana, zona sul. Por causa da chuva, o terreno está encharcado, impedindo a realização do evento.

A missa terá a presença do papa Francisco, que também deve anunciar a sede do próximo encontro mundial de jovens católicos.

A vigília de sábado (27), que também estava prevista para Guaratiba, será realizada em Copacabana. No entanto, os organizadores da JMJ pedem que os fiéis não durmam no local.

De acordo com Eduardo Paes, a decisão de transferir o evento foi tomada após vistoria de técnicos da prefeitura ao local. Depois de vários dias de chuva no Rio, o terreno de Guaratiba, chamado Campo da Fé (Campus Fidei) está encharcado e se tornou um lamaçal, o que tornou inviáveis os eventos programados para o local.

O prefeito pediu a compreensão dos moradores do bairro, que receberão eventos da JMJ durante quatro dias seguidos, começando por esta quinta-feira (28), com a Festa da Acolhida e o discurso de saudação.

Notícias Relacionadas