TCU reserva R$ 6,7 milhões para troca de móveis

CLÁUDIO HUMBERTO

Órgão fiscalizador dos gastos da União, o Tribunal de Contas se prepara para desembolsar R$ 6,7 milhões na renovação de sofás, mesas, armários, cortinas, cabideiros, TVs e cachepôs. Os seis editais de pregão eletrônico descrevem a qualidade da reforminha mobiliária. Só em poltronas e sofás de couro são reservados R$ 290 mil. Já os cabideiros para pendurar os bem cortados paletós custarão R$ 14 mil.

Direto do telão – No carrinho de compras do TCU, estão 41 televisores de 60 polegadas com tecnologia pentouch, estimados em R$ 237 mil – R$ 5,8 mil cada.

Preços garibados – Poltronas de um lugar em design Barcelona, de couro preto, avaliadas no edital por R$ 3.793 são vendidas por R$ 1,5 mil em lojas de Brasília.

Um luxo só – As salas do TCU contarão com 35 cachepôs com frisos metálicos, avaliados em R$ 5.531,76, para decoração com plantas ornamentais.

Noves fora – O TCU afirmou que cancelará o edital de compra das 41 TVs sensíveis ao toque, que está fora do mercado, para comprar a tecnologia LED. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas