Prefeita ferida em tiroteio morre em hospital na Itália

AGÊNCIA ANSA

Milão – O hospital da cidade italiana de Circolo di Varese confirmou hoje, dia 22, a morte da prefeita de Cardano al Campo, Laura Prati, atingida no dia 2 de julho por uma bala disparada por um ex-agente da polícia local, Giuseppe Pegoraro.

No dia do crime, o ex-policial invadiu o escritório da prefeita e disparou várias vezes ferindo Prati e seu vice, Costantino Iametti. Em seguida, ele fugiu de carro e jogou uma bomba incendiaria contra a sede de um sindicato. Pegoraro foi perseguido por policiais, contra os quais atirou sem ferir ninguém, e foi preso pouco depois de ter cometido o crime.

Segundo fontes locais, o ex-agente agiu por vingança, após ser suspenso do serviço por uma condenação por fraude e peculato. A família da vítima decidiu doar os órgãos da prefeita, atendendo dessa forma um pedido de Prati. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas