Peregrinos de todo mundo continuam chegando ao Rio para JMJ

Agência Brasil

Rio de Janeiro – Na véspera do início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), milhares de peregrinos de todas as partes do Brasil e do mundo continuam chegando à capital fluminense para o evento que contará com a presença do papa Francisco e acontecerá até o dia 28. Hoje (22), o fluxo de passageiros era intenso na Rodoviária Novo Rio, na zona portuária da cidade, dificultando o trânsito em toda região e provocando reflexos em vários pontos da cidade.

Um espaço com sinal de internet wi-fi liberado e pufes – utilizados para acomodar a pessoa – foram criados no terminal de embarque superior da rodoviária para receber os recém-chegados. Além disso, os turistas contam com um balcão de informações na área de desembarque. Voluntários bilíngues também circulam pelas áreas de embarque e desembarque auxiliando a chegada dos fiéis.

O peruano Cláudio dos Santos, viajou quatro dias de ônibus, da capital Lima até o Rio. Segundo ele, todo o cansaço da viagem vale a pena para ver o papa Francisco. “É um momento único para todos que estão aqui nessa bela cidade. Poder assistir a uma missa do papa é um motivo de muita alegria. Temos certeza de que seremos muito bem acolhidos pelo povo brasileiro e nossas expectativas são as melhores possíveis para esses dias em que todos os povos estarão reunidos em um grande momento de fé e adoração”, disse.

Um dos voluntários da JMJ, o paraibano Cristovão Dias, disse que o evento é uma grande oportunidade para que os jovens de várias nacionalidades e de todas as religiões possam trocar experiências. “Temos aqui um grande debate sobre religião. É muito importante conhecer outras vertentes religiosas e poder compartilhar com outras pessoas toda nossa fé. Espero que possamos sair daqui com o espírito renovado”, destacou.

A Rodoviária Novo Rio montou um esquema especial para acolher os turistas que chegam à cidade. De acordo com a assessoria de imprensa do terminal rodoviário, a frota de ônibus teve um aumento de 15%. Vinte e nove mil veículos foram colocados à disposição para atender a demanda do evento. Além disso, foram acrescentados mais 5 mil ônibus intermunicipais e interestaduais. A expectativa é que cerca de 1 milhão de passageiros circulem pela rodoviária entre os dias 15 e 30 de julho, 25% a mais que 2012.

“A rodoviária vai bater recorde, com a chegada de 1 milhão de pessoas ao longo da semana. Hoje e amanhã deverão ser os dias com maior fluxo de passageiros. Estamos com uma pressão maior, pela manhã, por causa da rodoviária, mas temos uma operação forte e não há impedimentos no trânsito”, disse o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório.

Também nesta segunda-feira, no Sambódromo, no centro da cidade, grandes filas se formaram para inscrições presenciais de retirada do kit da jornada. Sob forte sol, os fiéis tiveram de entrar em três filas diferentes, duas delas em pontos opostos da Marquês de Sapucaí, para conseguir pagar a taxa e retirar a mochila com o material para os fiéis, que começou a ser entregue ontem à quem já havia feito a inscrição pela internet.

Segundo o Comitê Organizador Local (Col) da JMJ, mais de 350 mil peregrinos já se inscreveram, a maioria do Brasil, da Argentina, dos Estados Unidos, do Chile, da Itália, da Venezuela, da França, do Paraguai, do Peru e do México. O público feminino é maior: 55%. Mais da metade dos inscritos, 60%, têm entre 19 e 34 anos e, dos 350 mil, 155 mil se hospedarão na cidade.

Notícias Relacionadas