Palmeiras enfrenta o Figueirence em busca da liderança da Série B

Pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras visita o Figueirense, neste sábado, às 16h20, no estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina. Segundo colocado na classificação, com 18 pontos, o alviverde de Palestra Itália busca os três pontos pensando na liderança. Do outro lado, os donos da casa também vêm bem na tabela. Com 16 pontos, a equipe catarinense é a quinta colocada e busca o G4.

No Palmeiras, o meia Rony terá a oportunidade de enfrentar o seu ex-clube, e, apesar de pregar respeito ao adversário, o jogador espera sair vitorioso. “Foi o Figueirense que abriu as portas para mim no ano passado. Respeito muito o clube e, principalmente, a torcida, que sempre gostou de mim. Mas sou profissional, hoje estou no Palmeiras, e, por isso, vou lá defender as cores do clube. Vamos todos atrás de mais três pontos”, disse.

Em relação a equipe que goleou o ABC (RN) na última rodada, apenas o zagueiro Henrique, suspenso, não entrará em campo pelo Palmeiras. Para preencher a vaga, o técnico Gilson Kleina deve optar por Vilson.

Preocupado com os gols sofridos pelo Figueirense nas últimas rodadas, o zagueiro Thiego pediu atenção contra o Palmeiras. “Penso em um todo, precisamos controlar o setor defensivo onde nós sofremos alguns gols que poderiam ser evitados”, explicou.

Após cumprir suspensão na última rodada, o atacante Ricardinho deve entrar em campo pelo Figueirense diante do Palmeiras. O volante Maylson também treinou normalmente, e a tendência é que ele também volte ao time. Porém, Adilson Batista terá os desfalques do zagueiro Douglas, do volante Luan e do atacante Paolo, vetados pelo departamento médico.

A vantagem do Palmeiras sobre o Figueirense no histórico de confrontos entre as duas equipes no Brasileiro desde 1975, ano do primeiro jogo entre as equipes pela competição, é de oito vitórias contra apenas três. Em seis oportunidades os adversários ficaram no empate.

Ficha técnica

Figueirense: Tiago Volpi; André Rocha, Thiego, Bruno Pires e Wellington Saci; Nem, Dener, Maylson e Ricardinho; Ricardo Bueno e Rafael Costa.
Técnico: Adilson Batista.

Palmeiras: Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Vilson e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Vinícius e Leandro.
Técnico: Gilson Kleina.

Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES);
Assistentes: Katiuscia M Berger Mendonça e Ramires Santos Candido (ambos do ES);
Quarto árbitro: Rodrigo D. Alonso Ferreira (SC);
Local: estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina;
Data: sábado, dia 20, às 16h20.

Notícias Relacionadas