O que deu nos jornais: confira as manchetes deste sábado.

Governador do Rio recusa apoio federal e culpa grupos estrangeiros por atos

“Forças locais são suficientes”. Dois dias após depredação em Leblon e Ipanema, Cabral aparece abatido, diz que falou com a presidente, mas garantiu que está tudo sob controle e vai receber o papa no Palácio Guanabara; comissão deve investigai manifestações

Folha de São Paulo
Papa decide desfilar em carro aberto em área de protestos

A Tarde
Ingressos para a Copa vão custar até R$ 1.950

Correio
Mutirão financia carros novos e usados

O Globo

Pontífice vai circular em carro aberto pelo Centro após chegar ao Rio.

A prefeitura divulgou esquema especial de trânsito e segurança para acomodar a mudança de agenda do Papa Francisco, que decidiu circular pelas ruas do Centro do Rio antes de ser recebido no Palácio Guanabara, na segunda-feira. Apesar da possibilidade de protestos, o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, afirmou que a ideia é aproximar o Papa da população logo em sua chegada.

Correio Braziliense

Manchete: Francisco vai para onde o povo está

Em vez de políticos em palácios suntuosos, o povo nas ruas. A opção preferencial do papa, que, de última hora, mudou o plano de visita ao país para ficar ainda mais perto da população, surpreendeu o governo. Inicialmente, o pontífice só desfilaria no papamóvel, sem vidros blindados, duas vezes. Agora, serão três. Para desconforto de autoridades brasileiras, que temem tumultos iguais aos ocorridos quarta-feira à noite em Ipanema e no Leblon.

Zero Hora

Manchete: Retrato da carência: Saúde básica da Capital tem só

Secretaria Municipal de Saúde admite falta de 371 profissionais nos postos de atendimento básico. Prefeitura diz que não há interessados em preencher vagas.

O quadro de aviso da Unidade de Saúde da Família Moradas da Hípica, na zona sul de Porto Alegre, retrata uma realidade que se repete em outros pontos da Capital.

Jornal do Commercio

Agora é na base do guincho
Em dois dias de operação contra estacionamento irregular no Centro e na Zona Sul do Recife, 70 veículos foram multados e 20, guinchados. CTTU manterá ações por toda a cidade. Objetivo é mudar o comportamento dos motoristas.

Notícias Relacionadas