Morre quarta vítima de acidente aéreo em Manaus

Thais Leitão
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Morreu na madrugada de hoje (19) a quarta vítima do acidente com um avião que caiu logo após a decolagem, em Manaus (AM), na terça-feira (16). Segundo a Agência de Comunicação do Governo do Amazonas (Agecom), Edson Parron, de 30 anos, apresentava o estado de saúde mais grave entre os três sobreviventes do acidente , tendo sofrido queimaduras em mais de 90% do corpo.

A aeronave de pequeno porte, que iria para a cidade de Apuí, distante 450 quilômetros de Manaus, levava seis passageiros e explodiu após a queda, no Terminal 2 do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. De acordo com a Agecon, Edson Parron morreu por volta das 2h30 desta sexta-feira, no Hospital 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, centro-sul da capital amazonense.

Os dois passageiros que sobreviveram continuam internados em situação grave no Centro de Tratamento de Queimados da unidade hospitalar. Adonay Campos, de 43 anos, teve queimaduras em cerca de 60% do corpo e Vanessa Guedes Aguiar, de 32 anos, teve 65% do corpo queimado. A Agecom vai divulgar, no fim da manhã, um novo boletim com o estado de saúde deles.

O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-7) informou que, para descobrir as causas do acidente, foram recolhidos os motores do avião e iniciada uma diligência para verificar a documentação da aeronave.

O Seripa-7 é responsável pelo acompanhamento do planejamento, gerenciamento e execução das atividades de voo nos estados de Rondônia, Roraima, do Acre e Amazonas. Segundo Figueiredo, com o acidente de hoje, o Seripa-7 registrou 12 acidentes em 2013. No ano passado, foram nove acidentes.

Notícias Relacionadas