Servidores denunciam espionagem na ANP

CLÁUDIO HUMBERTO

A Associação dos Servidores da Agência Nacional do Petróleo pediu à diretora-geral do órgão, Magda Chambriard, a instauração de processo para investigar a violação de dados do servidor Kerick Robery Leite de Sousa, envolvido na polêmica autuação da OGX, do empresário Eike Batista. Segundo o ofício, entregue no dia 2 de julho, cópias dos discos rígidos dele foram enviadas irregularmente a duas instâncias da ANP.

Conduta suspeita – Os dois DVDs com os dados teriam sido entregues ao superintendente Raphael Moura (Segurança Operacional) e Alex Mattos (Inteligência).

Perseguição – A assessoria de Inteligência da ANP é a mesma que teria feito grampos clandestinos contra o ex-diretor do órgão Victor de Sousa Martins.

Retaliação – Kerick foi transferido de setor após defender Pietro Mendes, que autuou a OGX por não instalar válvula de segurança em poço submarino. (Coluna de Cláudio Humberto)

Notícias Relacionadas