Lula afirma que jamais mentiria se câncer tivesse voltado

Lula posa com estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Bernardo do Campo
Lula posa com estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Bernardo do Campo. Foto: Instituto Lula/Divulgação
O ex-presidente Lula afirmou nesta quinta-feira (18) que é alvo de boatos sobre uma metástase e negou a volta do câncer. “Tem muito boato de que eu estou com metástase. Eu fui visitar o Marcelo Deda, que é governador de Sergipe, que está com câncer e aí disseram que eu vou ao Hospital Sírio-Libanês de madrugada fazer tratamento e que eu estou indo escondido”, disse.

A afirmação de Lula foi feita durante um discurso para estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Bernardo do Campo.

Lula disse que jamais esconderia se a doença tivesse se manifestado novamente. “Graças a Deus não tenho mais câncer. Tenho que fazer meus exames rotineiros a cada quatro meses e isso vai durante cinco anos”, afirmou. “Se eu tiver, serei o primeiro a falar para a imprensa que eu tenho,” sustentou o ex-presidente, segundo o portal G1.

Em 2011, o ex-presidente teve diagnosticado um tumor na laringe, tratado com radioterapia no Hospital Sírio-Libanês. Em março de 2012, os exames não apontavam mais sinais visíveis do tumor. Lula desabafou sobre os boatos.

“Não é correto que algum canalha, algum imbecil fique pela internet contando essas mentiras”, afirmou o ex-presidente.

Notícias Relacionadas