Cisternas destruídas em Maracás serão substituídas pelo governo federal

Incêndio destrói cisternas em Maracás (Foto: Vandinho Maracás)
Incêndio destrói cisternas em Maracás
O governo federal vai substituir as 830 cisternas que foram destruídas em um incêndio em Maracás no último fim de semana. A notícia foi confirmada ontem (15) durante reunião entre o prefeito, Paulo dos Anjos, e o diretor da Companhia Estadual de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), José Vivaldo Mendonça. O incêndio atingiu um terreno da prefeitura onde havia cerca de mil cisternas prontas para instalação.

A Polícia Federal está à frente das apuração das causas do incêndio e, de acordo com Mendonça, após o laudo, a substituição será imediata e não haverá prejuízo para o cronograma do Ministério da Integração. Ele acredita que como os pontos para inserção já foram escavados, o processo será facilitado.

“Já temos a confirmação do gabinete do ministro e do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) de que as cisternas incendiadas serão recompostas para garantir o atendimento do público beneficiado”, disse Mendonça. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas