Preso no Rio o chefe do tráfico de Manguinhos

Akemi Nitahara
Agência Brasil

Rio de Janeiro – Foi preso nesse sábado (15), em operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o traficante Wallace Carlos de Conceição, de 26 anos, conhecido como Churrasquinho. Ele é apontado pelo disque-denúncia como gerente-geral do tráfico na comunidade do Mandela, no Complexo de Manguinhos, zona norte do Rio.

Ele era procurado por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Wallace Conceição também fez parte do grupo acusado de participar do resgate de Diogo de Souza Feitoza, o DG, na 25ª Delegacia de Polícia, do Engenho Novo, em julho do ano passado.

De acordo com a nota conjunta da PF e da PRF, a prisão ocorreu em fiscalização na Rodovia Presidente Dutra, no município de Barra Mansa, durante a Operação Cinturão Divisas, que ocorre por causa da Copa das Confederações. O traficante seguia para São Paulo, junto com a mulher e o motorista. O carro foi parado na fiscalização e os policiais desconfiaram da documentação apresentada. Ele foi autuado também por uso de documento falso e levado para a Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O complexo de Manguinhos foi ocupado pelas forças de segurança em outubro do ano passado e recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em janeiro.

Notícias Relacionadas