Japonês de 116 anos é a pessoa mais velha do mundo

Jiroemon Kimura mostra o certificado do Guiness
Jiroemon Kimura mostra o certificado do Guiness
AGÊNCIA ANSA

Tóquio – O aposentado japonês, Jiroemon Kimura, comemorou ontem seu 116º ano de vida, sendo assim a pessoa mais velha do mundo e o homem mais velho que já viveu na terra, ganhando um certificado do Livro Guinness dos Recordes.

Kimura, que trabalhou por 40 anos como funcionário dos Correios japoneses, vive na cidade de Kyotango, perto de Kyoto. Ele explicou que seu segredo de longa vida é a dieta, com pouco álcool, três refeições por dia a base de sopa de arroz, purê de batatas doces e abóboras e “nunca encher o estomago com mais de 80%”.

Nascido em 1897, Kimura tornou-se a pessoa mais velha do planeta em dezembro, depois do falecimento da italiana Dina Manfredini, de 115 anos. No final do mês o japonês superou o recorde de homem mais velho que já viveu na terra, batendo o recorde de um cidadão norte-americano de 115 anos e 252 dias.

Em seu aniversario, Kimura recebeu uma visita de um oficial do Guinness que lhe deu os parabéns e a o pergaminho da certificação oficial do livro. O prefeito da cidade, Yasushi Nakayamaha, também renovou a tradicional visita de parabéns e o primeiro-ministro nipônico, Shinzo Abe, enviou um vídeo-mensagem declarando que o homem “é a confiança e o orgulho do Japão”.

Kimura, que vive com a esposa e seu neto de 60 anos, foi hospitalizado duas vezes desde o ano passado, devido a algumas doenças. Sua família é composta de 14 netos e 25 bisnetos, que têm 14 filhos.

O homem mais velho do mundo declarou que tem um desejo: chegar aos 120 anos. (AnsaLatina)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. Ernilton Ferraz alves

    S.r:Kimura

    Um dia em tua vida, fizeste uma opção.
    Escolheste uma carreira, uma difícil missão.
    E presta para o mundo a construir valores.
    como mensageiro de fé e esperança necessário a humanidade,
    e um lugar especial para viver com sua crianças, sabemos como é difícil o caminho Parabéns Kimura pelos 112 anos e mais muito tempo por intermédio de Meishu-Sama.

    Ernilton Ferraz Alves

Comentários estão suspensos