Joaquim Barbosa diz que penas do mensalão deverão ser aplicadas até julho

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, disse esperar que as penas de todos os condenados na ação penal do mensalão sejam aplicadas até julho deste ano. Isso significa que, se não houver qualquer medida protelatória das defesas dos réus, 22 dos 25 condenados a prisão poderão ser presos até esse prazo.

O mensalão, caso considerado o maior escândalo de corrupção da gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), foi julgado pelo Supremo no ano passado. Em quase cinco meses de julgamento, o STF concluiu que houve desvio de recursos públicos para abastecer um esquema de compra de apoio político no Congresso nos primeiros anos do governo Lula.

Para que as penas sejam de fato executadas, porém, a Corte ainda deve publicar o acórdão do julgamento. A previsão, segundo o presidente do Supremo, é que isso ocorra em março.

Na semana passada, 3 dos 11 ministros do STF que participaram do julgamento concluíram a revisão de seus votos para posterior publicação.

“Por mim, encerraria [o processo] ontem. Infelizmente, tenho que respeitar os prazos”, disse Barbosa.

Questionado se os demais ministros estão demorando a liberar seus votos para constar do acórdão, ele disse que isso é “detalhezinho”. “Por que vocês gostam de detalhezinhos? Vamos falar de coisas mais substanciais, grandiosas.”(Folha Online)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. jac

    Jornal da Mídia não publicou uma nota sobre a greve dos bancos. É o seguinte:pra que serve a polícia? Os bancos, alguns, são particulares, mas será que nessa hora a polícia não pode dar segura=nça? Então ela serve pra quê?

Comentários estão suspensos