Índice de Confiança de Serviços cai 2,7% em fevereiro

Vitor Abdala
Agência Brasil

Rio de Janeiro – O Índice de Confiança de Serviços, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 2,7% em fevereiro, depois de apresentar alta em janeiro. O índice registrou 122,1 pontos em fevereiro, o menor patamar desde outubro do ano passado, quando foram registrados 121,5 pontos. Dez dos 12 setores de serviços pesquisados pela FGV registraram queda na confiança.

A pesquisa mostrou que a confiança no momento atual, medido pelo Índice da Situação Atual, caiu 4,4%. O resultado foi puxado principalmente pela piora na avaliação da demanda atual. As empresas que consideram o volume de demanda atual forte caíram de 18,7% para 18,1% de janeiro para fevereiro. Já aquelas que o consideram fraco aumentaram de 16% para 20,4%.

O otimismo em relação aos próximos meses, medido pelo Índice de Expectativas, diminuiu 1,5%, de janeiro para fevereiro. A piora na expectativa sobre a demanda foi o item que mais contribuiu para a queda do Índice de Expectativas. O percentual de empresas que esperam aumento da demanda caiu de 46,8% para 44,7%, enquanto aquelas que preveem diminuição aumentaram de 5,5% para 6,9%.

Notícias Relacionadas