Dilma exonera secretário-geral do Itamaraty

Renata Giraldi
Agência Brasil

Brasília – O novo secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, embaixador Eduardo dos Santos, deve tomar posse amanhã (1º). Ele substitui o embaixador Ruy Nunes Pinto Nogueira, cuja exoneração foi publicada na edição de hoje (28) do Diário Oficial da União, em decreto assinado pela presidenta Dilma Rousseff. Nogueira foi exonerado porque completou 70 anos.

Santos é diplomata de carreira e seu último posto foi como embaixador do Brasil no Paraguai. No período em que esteve em Assunção, ele acompanhou situações delicadas na política interna envolvendo também questões relativas ao Brasil. Santos acompanhou o impeachment do então presidente Fernando Lugo, em junho de 2012, processo que levou à suspensão temporária do Paraguai do Mercosul e da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

O novo secretário-geral, que é o segundo na hierarquia do Itamaraty, depois apenas do ministro Antonio Patriota, também acompanhou de perto as negociações envolvendo o impasse entre autoridades paraguaias e os chamados brasiguaios – cerca de 300 mil brasileiros que moram em território paraguaio e, em geral, dedicam-se às atividades agrícolas.

Notícias Relacionadas