Greve dos vigilantes fecha bancos em Feira de Santana

A greve dos vigilantes chega ao segundo dia em Feira de Santana e as agências bancárias continuam fechadas. A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) também suspendeu as atividades e as visitas no Hospital Geral Clériston Andrade também foram suspensas.

Durante uma assembleia realizada na tarde de ontem (26), os vigilantes decidiram continuar a greve por tempo indeterminado. Eles querem que as empresas cumpram a Lei 12.740/2012, que obriga a pagar 30% da taxa de periculosidade da profissão.30%.

O diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários, Edmilson Cerqueira, alerta a população quanto aos riscos de ir às agências bancárias sem a presença dos vigilantes. Segundo ele, a ausência de segurança contribui para o aumento dos ataques de marginais. Até o momento não houve registro de saidinhas bancárias.(Acorda Cidade).

Notícias Relacionadas