Fidel Castro diz que não imaginava viver tanto tempo

AGÊNCIA ANSA

Havana – O ex-presidente cubano Fidel Castro, de 86 anos, disse diante do Parlamento que “jamais” pensou em viver tanto e nem que “o inimigo” falhasse “em seu odioso trabalho de eliminar adversários decididos a lutar”.

Leia também:

“Jamais imaginei que minha existência fosse ser tão prolongada”, afirmou o líder da Revolução Cubana, que enfrentou diversos atentados contra sua vida, falando no domingo na primeira sessão parlamentar depois das eleições em que foram eleitos os novos deputados.

Castro defendeu as “missões internacionais” cubanas na África, nas quais participaram cerca de 800 mil pessoas. “Não lutamos por glorias ou honrarias, lutamos por ideais”, destacou.

O ex-presidente esteve presente na Assembleia que nomeou seu irmão, Raúl Castro, para o segundo mandato como presidente do Conselho dos Ministros. O atual mandatário afirmou que esse será seu último mandato e que não será elegível nas próximas votações. (AnsaLatina)

Notícias Relacionadas